[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Portugal entre os cinco países da zona euro com maior salto no crescimento



Economia

Economia nacional deverá crescer 2,5% este ano, depois de 1,4% no ano passado, segundo as previsões do FMI divulgadas esta tarde. É uma das maiores acelerações entre os países da moeda única. Mas o PIB nacional está longe dos mais rápidos, que crescem acima de 3%

Gonçalo Rosa da Silva

Portugal foi uma das cinco economias da zona euro com maior salto no crescimento económico de 2016 para 2017, segundo as previsões divulgadas pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) no World Economic Outlook (WEO).

A revisão em alta da previsão de crescimento para 2017 do Produto Interno Bruto (PIB) da economia portuguesa, de 1,7% para 2,5%, coloca o país no grupo das cinco economias da zona euro com acelerações de crescimento superiores a 1 ponto percentual em relação ao ano anterior. Em 2016, o PIB cresceu 1,4%. Os números do FMI são semelhantes aos anunciados no verão, quando foi realizada a análise anual ao abrigo do Artigo IV.

No ‘clube’ das maiores acelerações, com saltos superiores a 1 ponto percentual de 2016 para 2017, incluem-se a Estónia (uma subida da taxa de quase 2 pontos percentuais, de 2,1% para 4%), Letónia (de 2% para 3,8%), Grécia (de estagnação para 1,8%) e Lituânia (de 2,3% para 3,5%).

PIB nacional longe dos mais rápidos

Apesar desta melhoria no crescimento em 2017, Portugal ainda está longe do grupo das economias da zona euro com crescimentos mais elevados, acima de 3%, onde se encontram 11 países membros da moeda única – Malta, que lidera com 5,1%, Irlanda, Estónia, Eslovénia, Luxemburgo, Letónia, Lituânia, Chipre, Eslováquia, Espanha e Holanda, por ordem decrescente da taxa de crescimento do PIB.
(...)

Sem comentários: