[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

A Terra está a caminho do terceiro ano mais quente desde que há registos



 
por:

 
6.Novembro.017

No dia em que começa mais uma conferência da ONU sobre o clima, ficámos a saber que o nosso planeta continua a aquecer.

FILIP SINGER/LUSA

É muito provável que 2017 seja o terceiro ano mais quente desde que há registos meteorológicos sistemáticos: a temperatura média global da Terra entre Janeiro e Setembro deste ano foi de aproximadamente 1,1 graus Celsius acima da era pré-industrial, divulgou a Organização Meteorológica Mundial (OMM) esta segunda-feira na abertura da conferência das Nações Unidas sobre o clima, em Bona, na Alemanha.

Na 23.ª Conferência do Clima da ONU (COP23), que decorre até 17 de Novembro, é a primeira vez que os representantes de quase 200 países se reúnem depois de o Presidente norte-americano, Donald Trump, ter anunciado, em Junho último, que os Estados Unidos iam sair do Acordo de Paris. Conseguido em Dezembro de 2015, o acordo entrou em vigor em Novembro do ano passado, como um esforço global para reduzir as emissões atmosféricas de dióxido de carbono e limitar a subida da temperatura do planeta aos dois graus Celsius ou, de preferência, aos 1,5 graus.
Embora ainda não seja o balanço final para 2017, a OMM sublinha que estamos a caminho do terceiro ano mais quente desde o início dos registos meteorológicos sistemáticos (por volta de 1880), uma vez que é isso que aponta um conjunto alargado de informações recolhidas por agências da ONU. Houve inundações e furacões catastróficos, ondas de calor e seca, recorda a OMM.


Sem comentários: