[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Crédito à habitação atinge prestação mais alta num ano



 


 Economia
por: / VC 
21-11-2017 

Instituto Nacional de Estatística revela dados relativos a outubro
 Habitação
(Reuters)
Habitação (Reuters)

O crédito à habitação atingiu, em outubro, a prestação mais alta num ano. A taxa de juro aumentou, fazendo subir a prestação média vencida para os 240 euros. É o valor mais alto dos últimos 12 meses, segundo os dados publicados esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação fixou-se nos 1,016% em outubro, a mesma taxa registada em março deste ano. Contas feitas, um aumento de 0,7 pontos base face aos 1,009% registados em setembro.

Em consequência, a prestação média vencida aumentou um euro, já que em setembro tinha-se fixado nos 239 euros.

Apanhado dos últimos três meses

Nos contratos celebrados nos últimos três meses, a taxa de juro subiu 0,9 pontos base, passando de 1,677% em setembro para 1,686% em outubro.

(...)

Sem comentários: