[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Idade da reforma vai voltar a aumentar em 2019

 
 Economia

Em 2018 será de 66 anos e quatro meses. No ano seguinte, aponta o Governo, deverá ser de mais um mês

Vieira da Silva.
Lusa
Vieira da Silva 
Sempre a aumentar. A idade legal de acesso à reforma deverá fixar-se nos 66 anos e cinco meses em 2019, segundo a estimativa do ministro da Segurança Social. Ou seja, mais um mês do que em 2018, já que no próximo ano - está já definido - será de 66 anos e quatro meses.

No final do Conselho de Ministros desta quinta-feira, Vieira da Silva foi confrontado com os dados referentes ao impacto do aumento da esperança de vida no fator de sustentabilidade em relação à determinação da idade de reforma para 2019, e explicou que isso fará com que a idade legal da reforma passe para os 66 anos e cinco meses nesse mesmo ano.
"É assim que está organizado o nosso modelo de sistema de pensões. Obviamente, se nada houver em contrário, esse será o valor que vigorará para 2019 no que respeita à idade legal da reforma".
Logo a seguir, porém, Vieira da Silva referiu que hoje, também, foram conhecidos os dados consolidados do Produto Interno Bruto (PIB) que "garantem que o crescimento da economia para efeitos da atualização das pensões se situou na média dos dois anos acima dos 2%".
"Tal confirma a perspetiva aquando do recente debate orçamental. Este ano, pela primeira vez, ao fim de vários anos, haverá para a generalidade um aumento real do poder de compra [dos pensionistas]".
(...)

Sem comentários: