[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Pão vai ficar mais caro no arranque do ano. Pode subir 20%

O presidente da Associação dos Industriais de Panificação, Pastelaria e Similares do Norte aponta para agravamentos de preço na ordem dos 20%.
O presidente da Associação dos Industriais de Panificação, Pastelaria e Similares do Norte aponta para agravamentos de preço na ordem dos 20%.

O pão vai ficar mais caro a partir do próximo ano. O alerta é do presidente da Associação dos Industriais de Panificação, Pastelaria e Similares do Norte, António Fonte, que revela, ao Correio da Manhã (acesso pago), que o agravamento dos custos com os combustíveis forçará a uma subida dos valores de venda deste bem alimentar. Quanto? Em torno dos 20%.

“No início do ano que vem o pão terá, inevitavelmente, de aumentar. Não dá para aguentar mais esta situação“, diz António Fonte, presidente da Associação dos Industriais de Panificação, Pastelaria e Similares do Norte (AIPAN), sublinhando que “o que aí vem, em termos de agravamento dos custos de produção, não permite alternativa”. O preço do pão está congelado desde 2011.

O presidente da AIPAN diz que o aumento “terá sempre de rondar os 20%”, de maneira a que os industriais possam fazer face aos custos cada vez mais elevados.
 
(...)

Sem comentários: