[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Preço do pão vai aumentar devido ao aumento dos custos de produção

Alimentação
 
 
Autor:


Com o aumento dos custos de produção - matéria prima, combustíveis e salário mínimo -, já no próximo ano, o preço do pão terá de aumentar também para fazer face aos custos mais elevados da indústria.
O preço do pão vai aumentar já no primeiro mês do novo ano.
MÁRIO CRUZ/LUSA

O preço do pão vai aumentar já no primeiro mês do próximo ano. Os dados apontam para uma subida de cerca de 20%. Desde 2011 que o preço não subia, mas os industriais garantem agora que já não é possível manter os valores.

“No início do ano, o pão terá, inevitavelmente, de aumentar. Não dá para aguentar mais esta situação”, quem o diz é António Fonte, presidente da Associação dos Industriais de Panificação, Pastelaria e Similares do Norte (AIPAN), ao Correio da Manhã. O presidente reforça que a subida dos custos de produção não dá outra alternativa, acrescentando que não sabe o valor exato do aumento, mas que “terá sempre de rondar os 20%”, para fazer face aos custos mais elevados.

Aumento dos custos de produção

O CM cita um estudo, com já alguns anos, no qual os dados indicam que a mão de obra representa 33% dos custos nas áreas da panificação e pastelaria; outros 33% dizem respeito à matéria-prima utilizada e 20% correspondem à energia e combustíveis.

Ora, o elevado preço dos combustíveis – gasóleo a 1,36 euros por litro -, a previsão de aumento da energia, gás e eletricidade no próximo ano, bem como o aumento do salário mínimo – que deverá chegar aos 580 euros -, estão na origem desta atualização de preços do pão.
 
(...)

Sem comentários: