[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Só 7 países da Europa baixaram a carga fiscal. Portugal foi um deles

O relatório anual sobre a cobrança de impostos mostra que, ainda assim, entre os 35 Estados que fazem parte da OCDE, Portugal ocupa o 16.º lugar cimeiro entre os países onde os impostos têm um maior peso.


O peso da carga tributária no Produto Interno Bruto (PIB) em Portugal registou uma quebra em 2016, tendo ficado acima da média da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE). Os dados preliminares da OCDE indicam que os impostos representaram no ano passado 34,38% da riqueza produzida no país.

O relatório anual sobre a cobrança de impostos mostra que, entre os 35 Estados que fazem parte da OCDE, Portugal foi um dos sete países europeus que baixaram a carga tributária aos contribuintes. Em comparação com 2015, os impostos tiveram um impacto de menos 0,18 pontos percentuais no PIB.

Na Áustria, Bélgica, Itália, Noruega, Islândia, Espanha e a Irlanda registou-se também uma diminuição da carga tributária. Fora da Europa, também a Nova Zelândia, Canadá, Israel, Estados Unidos e Chile diminuíram os impostos cobrados aos consumidores.

Ainda assim, Portugal foi um dos países onde o peso dos impostos ficou acima da média, que se fixou nos 34,25%.
(...)

Sem comentários: