[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

China cresce com redução de riscos e reformas



 


 19/12/2017



O Banco Mundial prevê que a China cresça 6,8% este ano, 6,4% no próximo e 6,3% em 2019. As medidas restritivas de Pequim para reduzir riscos e aprofundar reformas justificam as previsões.


De acordo com o Banco Mundial (BM), a recuperação do comércio mundial foi um fator importante na manutenção da atividade económica chinesa durante este ano, a par da continuidade das reformas para reduzir a alavancagem, o aumento da confiança das empresas, a criação de emprego, a estabilização das saídas de capital e a valorização do yuan.

"As autoridades empreenderam um conjunto de medidas políticas e reguladoras destinadas a reduzir os desequilíbrios macroeconómicos e limitar os riscos financeiros sem um impacto significativo no crescimento", destaca um responsável do BM.

(...)

Sem comentários: