[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Evolução da Atividade Seguradora e dos Fundos de Pensões – 3.º trimestre 2017


Em setembro de 2017, a produção de seguro direto relativa à atividade, em Portugal, das empresas de seguros sob a supervisão da ASF apresentou uma diminuição de 3,9% face ao período homólogo de 2016, para a qual foi determinante o decréscimo de 9,7% verificado no ramo Vida. Neste contexto, importa realçar pela positiva o crescimento de 5,4% verificado nos ramos Não Vida, para o qual contribuiu de forma significativa o acréscimo de 11% na modalidade de Acidentes de Trabalho.

Os rácios de cobertura do Requisito de Capital de Solvência (SCR) e do Requisito de Capital Mínimo (MCR) situaram‐se em 192% e 572%, refletindo aumentos de 37 e 144 pontos percentuais, respetivamente.

As contribuições para os fundos de pensões e o montante dos benefícios pagos registaram um aumento de 53,8% e um decréscimo de 9,1%, respetivamente, face ao período homólogo do ano anterior. Os montantes geridos cresceram 4,1% em relação ao final do ano transato atingindo cerca de 19,2 mil milhões de euros.

(...)

Evolução da Atividade Seguradora - 3.º trimestre de 2017

Evolução dos Fundos de Pensões - 3.º trimestre de 2017

Sem comentários: