[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Peixe congelado pode ser tão bom, ou melhor, que o fresco

14.Dezembro.2017
Tecnologia & Investigação

De acordo com os resultados da pesquisa "QualiFish", realizada pelo grupo SINTEF e pelo Instituto Norueguês de Nutrição e Investigação de Produtos do Mar (NIFES), o peixe congelado pode ser tão bom, ou melhor, que o fresco, desde que o processo de congelação e descongelação seja feito sob parâmetros específicos.

peixe

Os especialistas comentam que a frescura do peixe é muito importante para os consumidores noruegueses e também para o resto dos consumidores mundiais, mas acontece que, uma vez capturado, o bacalhau, por exemplo, geralmente demora cerca de três dias para chegar aos pontos de venda, o que inevitavelmente reduz o seu carácter de frescura.

Os investigadores explicam que, para se ter um bacalhau mais fresco e reduzir esse tempo de três dias, a melhor alternativa é a congelação a bordo do navio de pesca e sempre antes do rigor mortis ocorrer. Uma vez no ponto de venda, o procedimento de descongelação é muito importante.

Seguindo-o corretamente, os investigadores asseguram que a qualidade do produto pode ser tão boa quanto se o bacalhau não tivesse sido submetido ao processo de congrlação e comercializado logo após a sua captura.

Por conseguinte, pretende-se que as empresas de pesca tomem nota dos resultados do estudo para que sigam as práticas recomendadas e ofereçam um peixe com as máximas garantias e qualidade.

(...)

Sem comentários: