[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Só um em cada 100 portugueses diz ter casa termicamente confortável




Dos cerca de mil inquiridos, 74% consideram as suas casas frias no Inverno, 25% dizem que são quentes no Verão e apenas 1% refere que a sua casa é termicamente confortável. Por isso, os gastos de energia para colmatar as necessidades de aquecimento são elevados, diz a Quercus. 
 

Dos cerca de mil inquiridos, 74% consideram as suas casas frias no inverno, 25% dizem que são quentes no verão e apenas 1% refere que a sua casa é termicamente confortável e, por isso, os gastos de energia para colmatar as necessidades de aquecimento são elevados, refere a informação hoje apresentada.

O inquérito foi lançado pelo Portal da Construção Sustentável em colaboração com a Quercus e realizado entre fevereiro e agosto de 2017 com o objetivo de perceber se os portugueses consideram a sua casa fria, quente ou confortável.

Dos portugueses que apontam ter a sua casa fria no inverno, 35% recorrem a mais roupa e mais equipamentos para se aquecerem, 21% têm equipamentos para esse fim e 20% só fazem uso de mais vestuário.

No caso dos inquiridos que consideram a sua casa fria, 21% referem haver "um aumento significativo" de energia – de quase o dobro - para manter o conforto, 37% dizem não possuir qualquer isolamento em casa, quase a mesma percentagem daqueles que diz não saber se a sua casa possui isolamento (35%).
(...)

Sem comentários: