[ Director: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano X

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Enfermeiros denunciam caos nas urgências de Faro. Veja as fotos polémicas

Urgências

 
Autor:
Agência Lusa
 
 

Enfermeiros da Urgência do Hospital de Faro denunciam a incapacidade de resposta do serviço. Em risco, dizem, está a segurança dos utentes e profissionais. Há cada vez mais doentes internados em macas
© Facebook

Os enfermeiros da Urgência do Hospital de Faro denunciaram a incapacidade de resposta do serviço, que dizem estar a colocar a segurança dos utentes e profissionais em risco, e avisam que o número de enfermeiros é insuficiente.

Em missiva enviada na madrugada de sábado à presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar e Universitário do Algarve (CHUA), a que a Lusa teve acesso, a equipa avisa que face à situação de “caos” não pode ser responsabilizada por “eventuais ou futuros acontecimentos dos quais resultem consequências nocivas” para os utentes ou familiares.

© Facebook
Segundo os enfermeiros, que querem manter o anonimato, apesar de o número de doentes admitidos ter vindo a aumentar, os recursos humanos e materiais são cada vez mais escassos, um dos fatores que tem conduzido à “diminuição da qualidade assistencial” e “progressiva degradação” da capacidade de resposta às adversidades.

“Ao mesmo tempo, o número de utentes internados em maca no Serviço de Urgência, bem como o seu tempo de permanência no mesmo, tem igualmente sido amplificado”, sublinham, acrescentando que “o número de enfermeiros escalados por turno tem-se mantido igual e, em alguns casos, tem sido inferior ao estipulado como o mínimo”.
(...)

Sem comentários: