[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Governo quer penalizar médicos internos que deixem o interior

A proposta que o Executivo socialista quer levar a discussão no Conselho de Ministros prevê novos incentivos para os médicos internos que terminarem a sua especialidade em hospitais carenciados

O Governo quer fazer regressar as vagas preferenciais para incentivar os médicos internos a terminarem a sua especialidade em hospitais carenciados. Entre os incentivos previstos no decreto-lei estão a atribuição de um subsídio correspondente a 40% da remuneração base e ajudas para o cônjuge e os filhos, avança o jornal ‘Público’.
A medida tem como objetivo ocupar as vagas dos hospitais com maiores necessidades de recursos humanos, que se localizam maioritariamente no interior do país, Alentejo, Algarve e ilhas. Os médicos que aderirem ao programa terão de permanecer no estabelecimento em que forem colocados durante três anos, no fim do internato. Ler mais (...)

Sem comentários: