As marcas automóveis alemãs Volkswagen, Mercedes-Benz, e BMW realizaram testes em laboratório, com gases tóxicos, usando humanos e macacos como cobaias. A revelação está a chocar a Alemanha e a Volkswagen já ordenou a abertura de um inquérito.

gsz / Flickr
Depois do escândalo da manipulação de emissões de gases poluentes, a Volkswagen está envolvida em mais uma polémica, mas ainda por causa das consequências negativas que os carros têm para o ambiente.

Desta feita, a Volkswagen é acusada de, em parceria com as também marcas alemãs de automóveis Daimler e BMW, ter realizado testes, em laboratório, colocando cobaias humanas e macacos a inalarem gases tóxicos de motores a diesel.

Os primeiros dados do caso foram revelados num artigo do The New York Times que adianta que as três empresas alemãs financiaram um estudo que visava provar que os carros a gasóleo mais recentes, com tecnologia mais avançada, não são tão poluentes como os mais antigos.

Para esse efeito, colocaram macacos expostos aos gases tóxicos durante experiências num laboratório em Albuquerque, nos EUA.
Mas o carro do modelo “Carocha” da Volkswagen que foi usado terá sido manipulado, sem o conhecimento dos cientistas que fizeram os testes, para produzir menores efeitos poluentes, de acordo com o The New York Times.
(...)