[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Protocolos ambientais dão frutos. Buraco de ozono diminui com proibição do uso de compostos químicos

Ouvir Emissão

Miriam Gonçalves



05.Jan.2018
A segunda camada da atmosfera protege a vida na Terra ao absorver radiação ultravioleta potencialmente nociva.

Imagem: NASA
Imagem: NASA
Cientistas obtiveram imagens de satélite que atestam que o buraco na camada de ozono regrediu devido à proibição do uso de compostos químicos como o clorofluorcarboneto, que era utilizado em aerossóis e gases de refrigeração. 

Segundo um comunicado da agência espacial norte-americana NASA, divulgado esta sexta-feira, os dados revelam uma reversão de aproximadamente 20% na diminuição da camada de ozono no continente gelado da Antártida durante o Inverno, entre 2005 e 2016. 

"Neste período, as temperaturas na Antártida são sempre muito baixas, pelo que a taxa de destruição da camada de ozono depende principalmente da quantidade de cloro existente", afirmou a cientista da NASA Susan Strahan, citada pela agência espacial norte-americana. 

A reversão resulta, de acordo com os cientistas da NASA, da redução de cloro na camada de ozono, em consequência da interdição do uso de químicos que contêm cloro, como os clorofluorcarbonetos.

(...)

Sem comentários: