[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Senhorios com IMI reduzido são cada vez menos. Falharam a declaração

Terça-Feira - 02 de janeiro de 2018
 Fundado em 29 de dezembro de 1864

Dinheiro

Se falharem entrega num ano perdem benefício para sempre. Muitos senhorios pagam mais de IMI do que recebem de rendas 

Há cada vez menos senhorios a pagar IMI reduzido, um benefício por serem proprietários de prédios com rendas antigas. E não é porque não queiram; é, acusam as associações de proprietários, porque o fisco entende que quem falhe a entrega da declaração num único ano perde o direito à redução para sempre. Muitos senhorios já pagam mais de IMI do que recebem de rendas.

No ano passado, apenas 205 senhorios entregaram, por via eletrónica, o pedido de pagamento de IMI reduzido; em 2016 antes tinham sido 321, uma quebra de 36,1%, de acordo com os dados facultados pelas Finanças ao DN/Dinheiro Vivo. A estes números irão ainda ser somadas as declarações entregues pelos senhorios em papel, diretamente nas repartições de Finanças. 

António Frias Marques, presidente da Associação Nacional de Proprietários, acredita que os pedidos em papel sejam em maior volume do que os eletrónicos, mas não tem dúvidas de que o universo de beneficiários é cada vez menor.
Em causa está a possibilidade de os senhorios com rendas antigas (habitacionais anteriores a 1990 e não habitacionais anteriores a 1995) pagarem IMI com base numa fórmula que tem em conta o que recebem de rendas e não o valor patrimonial tributário (VPT) do imóvel.
 
(...)

Sem comentários: