[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

SuperNanny. Ministério Público abre inquérito por crime de desobediência


Família


Autor:
Ana Cristina Marques
 


A Procuradoria-Geral da República abriu um inquérito a propósito do primeiro episódio de "SuperNanny". Ministério Público está a investigar "factos suscetíveis de integrarem o crime de desobediência".

© Divulgação


O Ministério Público abriu um inquérito ao primeiro episódio de SuperNanny para “investigar factos suscetíveis de integrarem o crime de desobediência”. Em resposta ao Observador, a Procuradoria-Geral da República esclareceu que instaurou um inquérito “na sequência da certidão enviada pela CPCJ de Loures” e que o mesmo “corre nos termos no DIAP da comarca de Lisboa Oeste”.

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Loures quis, na semana passada, que a SIC retirasse do ar as imagens em que aparece a criança retratada no primeiro episódio de SuperNanny, tendo enviado, em articulação com o Ministério Público, uma carta registada à emissora em que lhe dava 48 horas para o fazer, tal como chegou a escrever o jornal Expresso. A ordem, enviada na quinta-feira de manhã, inclui o episódio e todas os vídeos promocionais e repetições do programa, na televisão, internet, plataformas de streaming ou redes sociais. As imagens ainda não foram retiradas, pelo que a SIC poderá ser agora acusada do crime de desobediência.

(...)

Sem comentários: