[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 18 de setembro de 2018

Fatura da eletricidade já pesa para as empresas portuguesas. Clientes domésticos podem ser os próximos

As empresas portuguesas já começaram a sentir os elevados preços a pagar pela energia, numa altura em que o custa da eletricidade no mercado ibérico tem atingido valores recorde.

As empresas portuguesas já começaram a sentir os elevados preços a pagar pela energia, numa altura em que o custa da eletricidade no mercado ibérico (Mibel) tem atingido valores recorde. O preço dos contratos futuros para a entrega de eletricidade já subiu 60% desde o início do ano, com especial incidência a partir do mês de maio, escreve esta terça-feira o Jornal de Negócios (acesso pago).
A manter-se, é cada vez mais provável que, não só os empresários, mas também as famílias portuguesas, comecem a sentir os preços altos da eletricidade. Caso a pressão sobre os custos da energia não se altere, a transferência para os clientes domésticos “será inevitável e deverá ocorrer no próximo ano, nomeadamente para os consumidores do mercado regulado”, explicou João Peças Lopes, especialista na área da energia. Ler + (...)

Sem comentários: