[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Um frigorífico no meio de S. João da Madeira para quem precisa

Projeto social pretende envolver comunidade. Quem quiser pode deixar comida. 

Está acessível a toda a gente e qualquer pessoa lá pode pôr comida, para que quem precise possa tirar. O Frigorífico Solidário não é um conceito novo, mas há poucos a nível nacional. Vai estar instalado, em S. João da Madeira, no Centro Coordenador de Transportes, dentro de pouco tempo. É um projeto que acredita na consciencialização da comunidade.
"Uma senhora que tinha um restaurante decidiu instalar à porta um frigorífico onde punha as sobras do dia, para que quem precisasse pudesse lá ir buscar durante a noite", conta Joana Correia, do Centro Humanitário da Cruz Vermelha de S. João da Madeira. O caso aconteceu na Índia e, hoje, o frigorífico solidário é uma prática comum pelo Mundo fora, principalmente nos Estados Unidos. Por cá, existe na freguesia do Muro, na Trofa, e em Alcântara, Lisboa. A ideia de trazer o conceito para S. João da Madeira foi de Joana Correia, diretora do Centro Humanitário, e de Iolanda Santos, assistente social, mas quem o vai pôr em prática é a Junta de Freguesia, por ter sido um dos projetos vencedores do Orçamento Participativo. Ler + (...)

Sem comentários: