[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Imobiliárias são consensuais: cada vez mais, classe média só conseguirá encontrar casa na periferia de Lisboa

O sorriso ligeiramente condescendente surge quase como inevitabilidade, tanto quanto o brilho nos olhos antevendo bons negócios. A cada vez que se pergunta a um dos agentes do sector presentes no Salão Imobiliário de Lisboa (SIL) 2018, a decorrer até domingo (7 de Outubro) na Feira Internacional de Lisboa (FIL), sobre as possibilidades de, nos próximos anos, as famílias da classe média encontrarem habitação a “preços decentes” na cidade de Lisboa, a resposta é inequívoca: não há, só na periferia. 

E mesmo aí, existem cada vez mais zonas a atingir valores que até há bem pouco tempo muitos julgariam impossíveis. “Lisboa é, cada vez mais, uma cidade para os estrangeiros com dinheiro”, ouve-se nos stands de vendas. Tal tipo de investimento na capital portuguesa deverá, aliás, manter-se constante, ouviu O Corvo no primeiro dia do certame, onde a expressão “bolha imobiliária” é encarada como uma grande improbabilidade. Os tempos são outros, argumenta-se, e os erros cometidos na crise que rebentou há uma década não estarão a ser repetidos, assevera-se. Ler + (...)

Sem comentários: