[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

sexta-feira, 2 de novembro de 2018

“COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS: dos contratos forjados às cobranças indevidas”


“COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS:
dos contratos forjados às cobranças indevidas”
CANTANHEDE
AUDITÓRIO DA “BIBLIOTECA MUNICIPAL”
31 de Outubro de 2018

O Prof. Mário Frota esteve em Cantanhede, no âmbito de uma acção apoiada pelo Fundo de Promoção dos Direitos do Consumidor, na pretérita quarta-feira, 31 de Outubro findo, para proferir uma conferência sob o título em epígrafe.
 A chuva terá afastado muitos dos interessados, mas isso não obstou a que a evento se não tivesse realizado.
Em substituição do Vereador do Pelouro, Dr. Pedro Cardoso, esteve presente o Dr. Vasco Santos, da Acção Social.
O orador perguntou, em jeito de desafio, se ainda era oportuna e necessária a Defesa do Consumidor em Portugal. Quando nem política nem interesse nem acções vigorosas a assegurar as vítimas contra os seus algozes. E os municípios e demais autarquias cada vez mais alheados desse relevante segmento da política das gentes.
Lançou um desafio a Cantanhede para que constituísse um serviço de informação ao consumidor, como manda a lei, beneficiando da excelência das instituições sediadas em Coimbra para poder prestar um serviço adequado a cada um e a todos os munícipes.
De seguida tratou do tema, mostrando a miséria que por aí vai em matéria de comunicações electrónicas. Revelou as tramóias perpetradas contra os consumidores, as desatenções da entidade reguladora, os atropelos permanentes e sem solução visível e os autênticos casos de polícia que se registam.
Seguiu-se um amplo debate com os participantes.
No final, todos apoiaram a ideia de um gabinete que se ocupe destas coisas, no seio do município.
Um breve registo documental da sessão.
 
 
 
 
 
 

Sem comentários: