[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Fisco não está a cobrar multas a quem não paga nos transportes públicos

Plataforma do Instituto da Mobilidade e dos Transportes, que centraliza todas as coimas, não está operacional. IMT diz que o sistema está em fase final, mas não define uma data para entrar em vigor.

As Finanças ainda não estão a cobrar as multas dos transportes públicos, apesar de o Governo ter reforçado, há um ano, o papel da Autoridade Tributária e Aduaneira na cobrança coerciva das coimas. A plataforma do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), que centralizará todas as multas, não está operacional e, como tal, os autos não estão a chegar ao Fisco, segundo revela a edição do “Jornal de Notícias” desta terça-feira.
O IMT diz que o sistema está em fase final, mas não define uma data para entrar em vigor. A maioria dos infratores continua, por isso, a viajar sem pagar e, só entre janeiro e outubro de 2018, os quatro principais operadores públicos das áreas metropolitanas de Lisboa e Porto – Carris, Sociedades dos Transportes Coletivos do Porto (STCP), Metro do Porto e Metropolitano de Lisboa, passaram mais de 63 mil multas. Ler + (...)