[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Crescimento do imobiliário agrava desigualdades

O mercado imobiliário cresceu duas vezes e meia nos últimos quatro anos, chegando às 46 mil transações no segundo trimestre de 2018, mas está a contribuir para o agravamento das desigualdades sociais, segundo o Barómetro sobre as Crises.

"A nova questão da habitação em Portugal" é o tema do 4.º relatório do Observatório sobre as Crises e as Alternativas, que é hoje divulgado, e que resulta da pesquisa realizada por investigadores do Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra e do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território (IGOT) da Universidade de Lisboa.
Para a coordenadora do estudo, Ana Santos, o mercado imobiliário "está a atravessar um momento sem precedentes históricos, com os preços da habitação a crescerem ininterruptamente e substancialmente acima da evolução salarial, tornando a habitação cada vez menos acessível a camadas cada vez mais significativas da população". Ler + (...)

 

Sem comentários: