[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Canábis desperta cobiça internacional por laboratório militar português

Empresas nacionais e estrangeiras estão interessadas em usar o laboratório militar centenário para fabricar medicamentos à base do estupefaciente. Há dinheiro para o investimento e não faltam interessados.

Além de fornecer as Forças Armadas, o laboratório militar já produz fármacos para hospitais (públicos e privados), mas apenas quando esses medicamentos não existem no mercado.
E agora, que a lei da canábis medicinal já está em vigor, a procura junto do laboratório centenário tem sido muita e vem de todo o lado.
"Literalmente, todo o mundo. Acho que só nos falta o continente africano. De resto, já tivemos contactos de empresas na Ásia, na América do Norte, América do Sul e estamos a tentar agora organizarmo-nos para podermos produzir", diz à TSF o major Paulo Cruz. Ler + (...)

Sem comentários: