[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Lidl deixa de vender sacos de plástico em Portugal até final do ano

Com esta decisão, o Lidl Portugal vai deixar de vender 25 milhões de sacos de plástico – compostos por 80% de material reciclado e 100% recicláveis desde 2015 e comercializados a 10 cêntimos cada -, o que representa uma “faturação de cerca 2,5 milhões de euros” anuais.

A mudança “surge na sequência de um projeto-piloto de sucesso que decorreu em 12 lojas no verão passado, onde a empresa testou a aceitação desta medida, tendo obtido resultados muito positivos”, refere a cadeia de supermercados de origem alemã, em comunicado.
“Desta forma, o Lidl torna-se na primeira empresa do setor de retalho alimentar, em Portugal, a tomar esta medida”, sendo que “o processo se inicia em maio, na região norte, e dar-se-á por concluído até ao final de dezembro de 2019″, adianta. Ler + (...)

Sem comentários: