[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Nutricionista alerta para os alimentos de risco: "Consumimos 30 toneladas de sal a mais por dia"

A nutricionista, investigadora e professora universitária Conceição Calhau acaba de lançar uma investigação nacional que pretende estudar a prevalência da hipertensão em Portugal e mostrar que a reeducação alimentar, através da redução do consumo de sal, tem impactos positivos efetivos na saúde dos portugueses que consomem, em média, o dobro das quantidades de sódio preconizadas nas recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Os portugueses consomem, em média, o dobro da quantidade de sal recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O consumo excessivo de sódio está associado a várias doenças, como a hipertensão, que afeta mais de um terço da população nacional.
Segundo a Sociedade Portuguesa de Hipertensão, os doentes hipertensos têm um maior risco de morte ou desenvolvimento de determinadas doenças como a insuficiência cardíaca, acidentes vasculares cerebrais (AVC), enfarte do miocárdio, insuficiência renal ou perda gradual da visão. Falámos com a professora Conceição Calhau, nutricionista e docente da NOVA Medical School. Ler + (...)

Sem comentários: