[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Reforma da supervisão financeira irá pôr Finanças a

A gestão financeira de todas as ações do supervisor passará a ser fiscalizada pela Inspeção-Geral de Finanças, segundo noticia o Jornal de Negócios. Diploma já foi discutido em Conselho de Ministros. 

A reforma da supervisão financeira, delineada pelo Governo, irá colocar a Inspeção-Geral de Finanças (IGF) a fiscalizar a gestão financeira do Banco de Portugal (BdP), segundo noticia esta segunda-feira o Jornal de Negócios (acesso pago). Todas as ações do supervisão são incluídas, excetuando as relacionadas com as funções de banqueiro central.
A IGF já fiscaliza os restantes serviços e entidades públicas e o Governo pretende que o BdP passe também a sê-lo. Na malha das Finanças irão cair todos os contratos públicos assinados pela instituição liderada por Carlos Costa, como carros, cartões de crédito ou subsídios, apurou o Negócios. Por outro lado, todas as funções de banco central ficam de fora, tal como acontece com o Tribunal de Contas. Ler + (...)

 

Sem comentários: