[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

segunda-feira, 29 de abril de 2019

Portugueses pagam cada vez mais por transferência bancária. Operações “imediatas” ainda têm pouca expressão

491,5 mil milhões de euros. Foi este o valor das transações realizadas pelos portugueses no ano passado, com as transferências a crédito a registarem um forte crescimento como forma de pagamento. 

Foram realizadas mais de 2,7 mil milhões de operações de pagamento durante o ano passado. Nestas, foram transacionados 491,5 mil milhões de euros, referem os dados do Banco de Portugal. A evolução da atividade económica justifica o aumento face face ao ano anterior, com as transferências a crédito a ser o instrumento de pagamento cuja utilização mais cresceu. As transferências imediatas ainda são “pouco expressivas”.
As operações realizadas no sistema que processa as operações de pagamento de retalho em Portugal, o SICOI, aumentaram 7,6% em número e 7,3% em valor relativamente ao ano anterior, “prosseguindo a tendência de crescimento dos últimos anos”, diz o Banco de Portugal no Relatório dos Sistemas de Pagamentos de 2018. Ler + (...)

 

Sem comentários: