[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quarta-feira, 29 de maio de 2019

GARANTIAS, GARANTIAS, AUMENTE-SE AS DIOPTRIAS SUPRA-SE AS CARESTIAS E APARTE-SE AS IDIOTIAS

O consumidor adquire um telemóvel, como novo, num estabelecimento recomendado, mas nele figura já uma extensa lista telefónica.
Um computador pessoal é adquirido também como novo em multinacional de referência, mas apresenta-se sem o selo de garantia, sinal de que se trata já de bem usado….
“A FN.. informa:
Trocas de auscultadores e auriculares – só se aceitam nos 30 dias seguintes à compra se estiverem avariados (Decreto-Lei 24/96- artigo 8.º)”
(esta diploma é simplesmente… inaplicável!).
E noutro estabelecimento de um grupo transnacional:
“Não se aceitam trocas e devoluções de câmaras reflex com embalagem violada ou deteriorada.” (embalagem violada?)
Noutra multinacional de renome, indicações específicas sobre cada um dos modelos de computadores … :
garantia – 2 anos;
bateria – 6 meses;
garantia – 2 anos;
bateria – 12 meses;
E de Telemóvel …
garantia – 2 anos;
bateria – 6 meses…;
E de Tablet…
– garantia – 2 anos
- bateria – 6 meses… Ler + (...)

Sem comentários: