[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 16 de julho de 2019

“As pessoas instalam todo o tipo de porcaria”: há uma app que faz envelhecer e isso não é divertido

Se é utilizador das redes sociais, nomeadamente do Facebook, já deve ter visto muitos dos seus amigos a partilharem fotos de como serão quando forem mais velhos.

Há uma app que se tornou muito popular nos últimos dias que providencia essa “viagem no tempo”. Mas fica desde já o aviso: se não quer que os seus dados pessoais acabem não se sabe onde, o melhor é não utilizar esta aplicação. E lembre-se: se não paga pelo serviço, então o serviço é você. “Além da asneira de instalar [essa app], as pessoas cometem a asneira de não a remover”
Como será a vida daqui a 20, 30, 40 anos? As grandes potências do mundo terão resistido ao cheiro da pólvora e à indomável ganância? O Homem já terá bebido uma chávena de café em Marte? O plástico terá sido proibido? Escutar João Gilberto continuará a ser melhor do que silêncio? É impossível encontrarmos essas respostas hoje, mas há algo que nos transportou para essas décadas nos últimos dias: uma aplicação. Trata-se da FaceApp, da empresa russa Wireless Lab, que nem é nova mas que conta com filtros novos para manipular a nossa aparência (penteados diferentes, outros traços ou toques no rosto, diferentes fases da vida, por exemplo). Assim, foi possível darmos as boas-vindas às implacáveis rugas que estão por aterrar no rosto de cada um de nós. Alegria pelo cenário distante. Ler + (...)

Sem comentários: