[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

segunda-feira, 15 de julho de 2019

Johnson & Johnson alvo de investigação criminal nos EUA

Muitas denúncias, investigações e processos judiciais depois, um júri de Washington está a analisar uma série de documentos para perceber se a empresa mentiu sobre os riscos para a saúde do seu famoso pó de talco.

As autoridades norte-americanas iniciaram uma investigação criminal à Johnson & Johnson para perceber se a empresa especializada em produtos farmacêuticos mentiu sobre eventual presença de elementos cancerígenos no seu conhecido pó de talco, avançou a agência de notícias Bloomberg.
Muitas denúncias, queixas judiciais (mais de 13 mil), e investigações depois, inclusive a realizada pela agência Reuters em 2018 - concluiu que administradores, médicos e advogados da Johnson & Johnson sabiam da existência de vestígios de amianto (substância cancerígena) no pó de talco mas decidiram, ainda assim, não revelar essa informação nem alertar o público - um júri de Washington está a analisar uma série de documentos para perceber a veracidade dessas acusações. Ler + (...)

Sem comentários: