[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

sexta-feira, 19 de julho de 2019

Tribunal de Contas aponta imprecisões e falta de transparência na distribuição do Revita

Tribunal de Contas nota que a comunidade afetada pelos incêndios não foi envolvida, a lista de beneficiários e os apoios atribuídos não foram tornados públicos e as contas prestadas também não foram divulgadas.

O relatório do Tribunal de Contas elaborado depois da auditoria ao Fundo Revita, feito a pedido da Assembleia da República, concluiu que houve imprecisão e falta de transparência na distribuição do fundo. Pode consultar o documento aqui.
O Fundo Revita foi criado pelo Governo para gerir os donativos às populações afetadas pelos incêndios de junho 2017 nos concelhos de Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos e Pedrógão Grande. Agora, a entidade fiscalizadora aponta para a existência de critérios pouco precisos que não permitem garantir que os apoios foram distribuídos apenas aos que precisavam da ajuda e que cumpriam os requisitos para receber o apoio monetário. Ler + (...)

Sem comentários: