[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

segunda-feira, 22 de julho de 2019

Universidades públicas reclamam 10 milhões para compensar redução de propinas

Valor compensatório está relacionado com a redução das proprinas em 200 euros por aluno.
Os reitores das universidades portuguesas reclamam do Governo o pagamento de 10 milhões de euros até ao final do ano. 

O valor destina-se à compensação relacionada com a redução do valor das propinas, que no próximo ano vão ter uma diminuição de 200 euros por aluno. Na globalidade do ano letivo, o valor em causa será de 50 milhões de euros.
À Renascença, o reitor da Universidade de Lisboa lamenta que as universidades, “ao contrário do que já disseram alguns dirigentes do Bloco de Esquerda” ainda não tenham recebido nenhuma compensação.
António Cruz Serra alerta que alguns estabelecimentos de ensino estão “preocupadas e nervosos com a situação” e apela a que as transferências sejam feitas o mais depressa possível para se “evitar uma gestão em sobressalto da universidade pública”. Ler + (...)

Sem comentários: