[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quarta-feira, 18 de setembro de 2019

APCC apela ao encerramento dos solários

 Equipamentos representam risco aumentado de 20% para o melanoma 
 
A Associação Portuguesa de Cancro Cutâneo (APCC) apelou esta quarta-feira para o encerramento definitivo dos solários, embora de forma programada, frisando que está provado que as pessoas que os frequentam têm um risco aumentado de cancro de pele.

Em declarações aos jornalistas na apresentação do Dia do Euromelanoma, que será assinala a 15 de maio, o presidente da APCC lembrou que Portugal tem legislação, mas não se sabe se é feita, nem como a fiscalização.

«Há dados que provam a relação entre os bronzeamentos de solário e o risco aumentado de cancro de pele», afirmou Osvaldo Correia, mostrando números que indicam um risco aumentado de 20% para o melanoma, de 30% para o carcinoma basocelular e 70% para o carcinoma espinocelular. Ler + (...)

Sem comentários: