[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Dadores recusam doar medula a doentes em risco de vida

Só em 2018 contabilizaram-se 80 casos em Portugal. Mitos e falta de informação sobre o processo de colheita na origem de boa parte das desistências nas doações de medula óssea.

Em 2018, 80 pessoas inscritas no registo nacional de dadores de medula óssea recusaram fazer a doação quando foram chamadas a fazê-lo por serem compatíveis com um doente em risco de vida. A notícia é avançada hoje pelo Jornal de Notícias. O número foi, no entanto, inferior aos dados de 2017 (110).
Às 80 recusas acrescem ainda as recusas dos familiares, que também acontecem e não estão contabilizadas, escreve o mesmo jornal.
Este ano, em março, o caso de Fábio Rocha causou alguma indignação pública e chamou a atenção para a questão das recusas nas doações de medula. Apesar de haver dadores compatíveis no estrangeiro, o jovem de 31 anos, natural de Aveiro, acabou por morrer na sequência de uma leucemia porque nenhum dos dadores se mostrou disponível para a colheita daquele tecido orgânico. Ler + (...)

Sem comentários: