[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 10 de setembro de 2019

Empréstimos ao consumo sobem para máximo histórico em julho

Empréstimos ao consumo subiram para 515 milhões de euros em julho, de acordo com o Banco de Portugal.

O montante dos empréstimos ao consumo subiu para 515 milhões de euros, valor que representa um máximo histórico, de acordo com os dados revelados esta terça-feira pelo Banco de Portugal (BdP). O montante dos empréstimos para a casa e outros fins cifrou-se em 967 milhões e 183 milhões de euros, respetivamente

"Os volumes de novas operações para habitação, consumo e outros fins totalizaram 967, 515 e 183 milhões de euros, respetivamente. O montante das novas operações de empréstimos ao consumo representa um máximo histórico", pode ler-se no comunicado do BdP
Em julho, a taxa de juro média dos novos empréstimos concedidos a sociedades não financeiras foi de 2,22%, valor que compara com 2,26% em junho.
A taxa de juro das operações acima de um milhão de euros foi de 1,89% e a das operações abaixo de um milhão de euros de 2,49% (novo mínimo histórico), diminuindo o diferencial entre as duas taxas face ao mês anterior. 

 

Sem comentários: