[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 10 de setembro de 2019

Mais de um milhão de alunos regressa às aulas em “escolas do futuro” que continuam obsoletas

O apelo é feito pela Associação Nacional de Diretores Escolares que, perante a contínua falta de modernização dos materiais informáticos nas escolas, espera que o Governo tome medidas sustentáveis para melhorar a situação. 

Com a chegada do novo ano letivo, que decorre de 10 e 16 de setembro para mais de um milhão de estudantes, uma das grandes preocupações continua a ser a obsolescência da vasta maioria do material informático presente das escolas portuguesas. Tal como afirma Manuel Pereira, presidente da Associação Nacional de Diretores Escolares, em declarações à TSF, grande parte dos equipamentos tem já mais de uma década.
Em 2008, o Plano Tecnológico da Educação, levado a cabo pelo governo liderado por José Sócrates, prometia transformar tecnologicamente as instituições de ensino, através do projeto e-Escola e e-Escolinha, com computadores portáteis e os famosos Magalhães. O investimento de 400 milhões de euros tinha como objetivo ter “escolas do futuro”, as quais teriam, por exemplo, uma impressora, um videoprojector, um computador com ligação à internet em cada sala de aula e um quadro interativo por cada duas salas. Ler + (...)

Sem comentários: