[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Oito em cada dez jovens não vivem onde gostariam

À frente dos transportes ou da proximidade ao trabalho, segurança da zona é o fator mais importante para os jovens quando escolhem uma casa para viver.

Cerca de 78% dos jovens portugueses não vivem onde gostariam. A conclusão é de um estudo do Observatório do Mercado da Habitação em Portugal, da imobiliária Century 21.
O trabalho, prefaciado pela secretária de Estado da Habitação e pelo secretário de Estado da Juventude e do Desporto, faz um retrato da forma como os mais jovens, dos 18 aos 34 anos, encaram o presente e o futuro da casa onde vivem e onde esperam vir a viver num futuro mais distante.
Jovens também têm "cultura do proprietário"
Apesar de muito se falar, há décadas, nas vantagens do arrendamento, o documento conclui que "os jovens portugueses mantêm ainda uma forte cultura de proprietário, à semelhança do que se verifica nas gerações anteriores". Ler + (...)

Sem comentários: