[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Centeno cria nova taxa para animais de estimação

Segundo a portaria publicada em Diário da República, o objetivo é “desenvolver normas de prevenção do abandono animal e de promoção da detenção responsável”. A receita da taxa será encaminhada para a Direção-Geral de Alimentação e Veterinária

Ter uma animal de estimação vai ficar mais caro – e a culpa é de Mário Centeno e Capoulas Santos. O Ministério das Finanças e da Agricultura uniram-se e criaram uma taxa de 2,5 euros por cada registo de animal de estimação, para os anos de 2019 e 2020, revela o “SOL” esta sexta-feira.
Além do chip de identificação no animal, será obrigatório, muito em breve, o registo dos animais no Sistema de Informação de Animais de Companhia (SIAC).
Segundo a portaria publicada em Diário da República, o objetivo é “desenvolver normas de prevenção do abandono animal e de promoção da detenção responsável”. A receita da taxa será encaminhada para a Direção-Geral de Alimentação e Veterinária.
A lista dos animais que têm de estar registados no SIAC engloba cães, gatos e furões. 

Expresso, 04-10-2019

 

Sem comentários: