[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 29 de outubro de 2019

Penhoras da Segurança Social em máximos desde 2011

A Segurança Social solicitou, em 2017, 531.759 penhoras para fazer face a dívidas. Foi possível recuperar 605 milhões de euros em dívidas e mais de metade dos pagamentos foram feitos em prestações. 

Mais de meio milhão de penhoras de contas bancárias, IRS, IVA, créditos e outros foram pedidas pela Segurança Social, em 2017, para fazer face a dívidas. Este é o valor mais alto desde 2011. No ano em causa, a recuperação de dívida atingiu 605 milhões de euros.

Segundo o relatório de Conta da Segurança Social de 2017, divulgado com alguns meses de atraso e consultado pelo Diário de Notícias (acesso livre), “no seguimento da ação coerciva das secções de processo, foram solicitadas penhoras sobre os processos em condições legais para o efeito, representando 531.759 penhoras, sendo que estas ordens de penhora estão associadas a um valor total de 7 mil milhões de euros”. Ler + (...)

Sem comentários: