[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 1 de outubro de 2019

Prestação da casa dá maior trambolhão em três anos. Fixa novo mínimo

Revisões dos créditos à habitação trazem cortes na taxa de juro entre 1,29% e 2,5%. Contratos com os indexantes com prazos mais dilatados são os mais beneficiados. 

 Muitas famílias com crédito à habitação vão ter duplas razões para sorrir em outubro. Os empréstimos da casa cujas taxas sejam revistas nesse mês vão ditar não só a prestação mais baixa de sempre, como o maior corte dos últimos três anos.

As revisões de outubro trazem prestações mais baixas para todos os empréstimos da casa independentemente do indexante associado: Euribor a 3, 6 ou 12 meses. As reduções nos encargos mensais vão dos 1,29% aos 2,5%. Ler + (...)

Sem comentários: