[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

segunda-feira, 4 de novembro de 2019

A psicologia da revisão de conteúdo na Internet: História de uma empresa que decidiu deixar de o fazer por questões de saúde mental

A Cognizant chegou a um ponto de não retorno e decidiu encerrar a secção da empresa dedicada à moderação de conteúdo para clientes tão grandes como Facebook e Google. Seis mil pessoas vão ser afetadas por todo o mundo numa decisão que acontece poucos meses depois de uma reportagem-denúncia do jornal The Verge que mostrou como os funcionários desta empresa trabalham nos limites da saúde mental e que espelha a dura realidade de uma tarefa que alguns consideram "impossível".
A Cognizant é uma empresa norte-americana de tecnologia de informação que decidiu na semana passada, a 31 de outubro, fechar a secção de moderação de conteúdo. Se esta fosse uma simples decisão empresarial, provavelmente não teria sido notícia no mundo inteiro. Ou teria, uma vez que a escolha deste caminho afetará a vida de seis mil funcionários espalhados por todo o mundo. Ainda assim, é muito mais do que isso.
Esta história começou com uma reportagem do The Verge, que em fevereiro deste ano publicou uma grande reportagem sobre as condições de trabalho da empresa nos escritórios de Phoenix, no estado norte-americano do Arizona. A peça descrevia um cenário de vários funcionários a trabalhar no limiar da saúde mental com vários responsáveis pela moderação de conteúdo em sites como o Facebook e a Google a serem diagnosticados com síndrome de stress pós-traumático desenvolvido pela contínua exposição a imagens gráficas descritas como perturbadoras. Ler + (...)

Sem comentários: