[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Carlos Costa pede à banca para ser “mais ambiciosa” na redução do malparado

Carlos Costa, governador do Banco de Portugal, salientou o progresso feito pelos bancos na redução de ativos não produtivos nos últimos anos. Mas pede ao setor para ser mais ambicioso. 

Carlos Costa salientou os progressos feitos pelos bancos portugueses na redução dos ativos não produtivos nos últimos anos. Mas o governador do Banco de Portugal diz que os banqueiros devem ser “mais ambiciosos” neste esforço pois é um fator que condiciona o interesse do mercado e dos investidores.

 “Subsistem enormes desafios para o setor num contexto de crescimento moderado nos próximos anos, de baixas taxa de juro e de endividamento dos agentes”, começou por dizer Carlos Costa na Money Conference, conferência organizada pelo Dinheiro Vivo e TSF, e onde participam os líderes dos principais bancos portugueses: Paulo Macedo (CGD), Miguel Maya (BCP), António Ramalho (Novo Banco), Pedro Castro e Almeida (Santander Totta) e Pablo Forero (BPI). Ler + (...)

Sem comentários: