[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

De prejuízo em prejuízo, TAP está há uma década em falência técnica

Não é de agora que a TAP dá prejuízos. Na última década, apenas num ano conseguiu apresentar resultados positivos, mas rapidamente derrapou novamente para perdas. E avultadas, embora também num contexto de investimentos. 

Entre 2008 e 2018, a companhia aérea acumulou prejuízos de 822 milhões de euros, já deduzindo os lucros de 21,2 milhões de euros registados em 2017, graças a um reforço das receitas associado à retoma da economia. Após essa recuperação, o presidente executivo da TAP, Antonoaldo Neves, dizia querer “multiplicar por, pelo menos, sete vezes” os “bons resultados”, mas não é isso que está a acontecer.
A TAP apresentou prejuízos de 118 milhões no ano seguinte, o resultado negativo mais elevado desde 2008. “Foi um ano difícil para a TAP, quer em termos operacionais quer em termos económicos e financeiros”, reconheceu então Miguel Frasquilho, chairman da TAP nomeado pelo Estado. Ler + (...)

Sem comentários: