[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 12 de novembro de 2019

Menos de um em cada cinco doentes tratados para a diabetes controla glicemia, pressão arterial e lípidos

A mortalidade de origem cardiológica nos portadores de diabetes tipo 2 localiza-se entre os 9,5% e os 10,5% por ano.

Numa altura em que mais de 422 milhões de adultos sofrem de diabetes, tem-se verificado melhorias no tratamento clínico da doença, com a incorporação de novos medicamentos para o seu controlo. Quem o diz é Rodrigo Oliveira, coordenador do departamento de Cirurgia Bariátrica e Metabólica do Hospital Cruz Vermelha, a propósito do Dia Mundial da Diabetes, que se assinala no próximo dia 14 de novembro. No entanto, a falta de controlo dos doentes é "assustadora", comenta.
"A Diabetes Mellitus Tipo 2 (DM2), consequência da Obesidade, atinge entre 13 a 14% da população portuguesa e prevê-se que venha a triplicar nos próximos 15 anos. Porém, o tratamento do DM2 modificou-se drasticamente, conduzindo a melhores resultados nos tratamentos cirúrgicos e minimamente invasivos (Vídeo-laparoscópicos, endoscópicos e de embolização) em centros especializados de doenças metabólicas e do aparelho digestivo", afirma o Rodrigo Oliveira. ler + (...)

Sem comentários: