[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Para quem começa agora a trabalhar, a reforma chegará aos 67,8 anos. A previsão é da OCDE

A idade média de acesso à pensão entre os que estão a reformar-se e a iniciar agora a vida ativa deverá aumentar 2,6 anos em Portugal, passando dos 65,2 para os 67,8 anos prevê a OCDE.

Portugal é um dos países que tem a idade legal de acesso à pensão indexada à esperança média de vida e, segundo o “Panorama das pensões 2019”, da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), hoje divulgado, é também um dos países onde se estima que a idade de acesso à reforma mais vai aumentar.
A subida dos 65,2 para os 67,8 anos assume a entrada na vida ativa aos 22 anos e coloca Portugal na oitava posição da lista de países onde se espera que a idade de acesso à pensão para quem está agora a começar a vida ativa mais avance. Ler + (...)

Sem comentários: