[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 5 de novembro de 2019

PCP quer dez anos de garantia para dispositivos eletrónicos, electrodomésticos e veículos

Partido quer menos equipamentos no mercado que foram desenhados para durar pouco tempo. Objetivo é proteger os consumidores e o meio ambiente.

O Partido Comunista Português (PCP) quer dez anos de garantia para dispositivos eletrónicos, electrodomésticos e veículos até 2025. Num projeto de lei apresentado nesta segunda-feira no Parlamento, como revela o Jornal Económico, o PCP propõe um aumento do tempo de garantia de forma faseada: quatro anos de garantia mínima já em 2020, cinco anos a partir de 2022 e dez anos em 2025.
O objetivo do PCP é acabar com aquilo que é conhecido como obsolescência planeada, que acontece quando as empresas criam, por meio de hardware ou software, um produto que fica obsoleto ou deixa de funcionar num período de tempo inferior ao que a tecnologia permite, para forçar os consumidores a comprarem novas gerações desse produto. Ler + (...)

 

Sem comentários: