[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quinta-feira, 7 de novembro de 2019

ETARs não estão preparadas para remover poluentes emergentes dos fármacos

Os investigadores do Instituto Superior do Porto (ISEP) que lideram o projeto 'REWATER' concluíram que as Estações de Tratamento de Água Residuais (ETAR) "não estão preparadas para remover poluentes emergentes como os fármacos", revelou hoje a responsável.

Em declarações à Lusa, Cristina Delerue-Matos, líder do Grupo de Reação e Análises Químicas do ISEP, explicou que o projeto europeu, intitulado “REWATER – Gestão Sustentável e segura da água na agricultura”, visa “garantir” a qualidade da água tratada nas ETAR, de modo, a que esta seja reutilizada de forma “segura” na agricultura.
O projeto, que é financiado em 500 mil euros, junta, além do ISEP, oito instituições científicas e duas estações de tratamento, sendo que uma é em Portugal (em Leiria) e outra na Roménia. Ler + (...)

Sem comentários: