[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

Saúde mental: é preciso mais terapia e menos comprimidos

O presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Henrique Barros, defende que é urgente combater o estigma e a discriminação que as pessoas com doença mental ainda sofrem e assegurar os seus direitos. 
O estudo defende a necessidade de mais terapia, por oposição a mais comprimidos, o que implica mais recursos e melhor planeamento. Os custos com a doença mental em Portugal são estimados em 3,7% do Produto Interno Bruto, correspondendo a 6,6 mil milhões de euros. 
 "Os problemas de saúde mental afetam várias áreas da vida pessoal, familiar e profissional das pessoas. Porém, viver com problemas de saúde mental em Portugal está ainda associado a um forte estigma e discriminação", refere um estudo do CNS, que será hoje divulgado, em Lisboa, no 3.º Fórum do CNS. Ler + (...)

Sem comentários: