[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

Venda de fibra ótica da Meo não teve em conta interesses de cidadãos

O Sindicato dos Trabalhadores do Grupo Altice em Portugal (STPT) considerou hoje que a venda de 49,9% da rede de fibra ótica à Morgan Stanley não salvaguardou os interesses dos trabalhadores nem dos cidadãos, enquanto potenciais clientes.

"Se nesta estratégia a Comissão Executiva pretender um encaixe financeiro imediato, percebe-se a intenção, embora faltando os motivos. Já a mesma decisão não se entende quando está em causa o interesse e perspetiva do cidadão enquanto potencial cliente", começa por referir o sindicato, num comunicado enviado às redações.

O STPT questionou-se também se esta venda vai trazer mais benefícios para os trabalhadores ou possibilitar a criação de mais "postos de trabalho com qualidade" na Altice Portugal, defendendo que "quanto mais o trabalho se distancia das empresas principais, maior tende a ser a sua precarização".  Ler + (...)

Sem comentários: